“Escreva sobre o seu tempo”: conheça as influências e histórias por trás do livro “Canções para ninar adultos” em entrevista para a TV São Judas

O jornalista Fred Di Giacomo, autor do livro “Canções para ninar adultos”, foi entrevistado por Maria Jose Preti na TV São Judas. Na entrevista Fred fala sobre suas influências, as histórias reais por trás da ficção e a necessidade de escrever sobre seu tempo e sua geração.

Se interessou pelo livro? Compre aqui!

Papel Pop diz que “Canções para ninar adultos” traz “contos de histórias atuais narradas de um jeito divertido, sarcástico e bem inteligente.”

Dia 6 de dezembro rolou resenha do livro “Canções para ninara adultos” no bombante site “Papel Pop”. Além dos elogios ao livro, o editor Phelipe Cruz decidiu publicar o conto “Sexo virtual, pop e desencontros” que cita a famosa festa  Post It, organizada pelo site.

Imagem

No final do texto o editor avisa ” É pra quem é legal! E gosta de ler! São contos de histórias atuais narradas de um jeito divertido, sarcástico e bem inteligente.”

Se interessou? Compre agora!

O conto começa assim:

Sexo virtual, pop e desencontros

Ela, pink, queria ir na “PostiT”. Ele, preto, queria acordar cedo para conhecer o Mosteiro de São Bento.

— Os cantos gregorianos – sentenciava Alex, dedo no óculos, achando-se o maior intelectual do mundo – são uma das poucas heranças boas da igreja para a humanidade.

— Mas eu gosto de dançar, gatinho. E o único padre que dança é o Marcelo. Missa me lembra velório, gente velha e final de domingo…

— Olha, Amanda, não sei por que as pessoas decidiram que Britney Spears e Beyoncé são cult. Todo indie agora é fã de Lady Gaga. Nos anos 90…

— Blá, blá, blá. Que papo de indie velho! Ninguém dança ouvindo Sonic Youth e Pavement.

— Escuta aqui, por que mulher acha tanta graça em dançar, hein?

— E por que homem só dança pra conseguir trepar?

— Era uma boa, né?

— O quê?

— A gente trepar, ué! Já faz uns dois dias…

— To meio machucadinha, Alex, te falei… Amanhã a gente faz, tá?

Ela vai dançar Mariah Carey. Ele entra fundo na pornografia. Fiquemos com ele: http://www.XVideos.com; velhos fetiches, closes ginecológicos entediantes. Será que tá rolando alguma coisa no Chatroulette? Só entrando pra descobrir quem está do outro lado da webcam:

Continue lendo no Papel Pop!